Paulinho Moska /

Mar Deserto

Eu me vi entrar para o lado de fora
Quando te vi chegar na hora d'eu ir embora
Tempestades de areia no meio do mar deserto
Meus olhares distantes não querem
Mais vê-la por perto

Cansei de dobrar e dar na mesma esquina
Vou cair… até pousar lá em cima
Eu grito pros surdos meu silêncio estridente
Repetir, repetir , repetir… até ficar diferente

Agora vou voltar, mas não é para trás
O seu amor é que não me satisfaz mais